Mil palavras... Um sentimento...
 
Solta-se o beijo

Solta-se o beijo

Ala dos Namorados – Solta-se o beijo

Sei o teu cheiro mergulho no teu tocar
Abraças a guitarra e voas para além da lua
Amarro o beijo que se quer soltar
Espero que me sintas para me entregar

 

Espreito por uma porta encostada
Sigo as pegadas de luz
Peço ao gato “xiu” para não me denunciar
Toca o relógio sem cuco
Dá horas à cusquice das vizinhas e eu
Confesso às paredes de quem gosto
Elas conhecem-te bem
Aconchego-me nesta cumplicidade
Deixo-me ir nos trilhos traçados
Pela saudade de te encontrar
Ainda onde te deixei
Trago-te o beijo prometido
Sei o teu cheiro mergulho no teu tocar
Abraças a guitarra e voas para além da lua
Amarro o beijo que se quer soltar
Espero que me sintas para me entregar
A cadeira, as costas, o cabelo e a cigarrilha
A dança do teu ombro
E nesse instante em que o silêncio
É o bater do coração
Fecha-se a porta
Para o relógio
As vizinhas recolhem
Tu olhas-me
Tu olhas-me
Trago-te o beijo prometido
Sei o teu cheiro, mergulho no teu tocar
Abraças a guitarra e voas para além da lua
Amarro o beijo que se quer soltar
Espero que me sintas para me entregar
A cadeira, as costas, o cabelo e a cigarrilha
A dança do teu ombro
E, nesse instante em que o silêncio
É o bater do coração
Fecha-se a porta
Para o relógio
As vizinhas recolhem
Solta-se o beijo, o gato mia
Solta-se o beijo, o gato mia
Solta-se o beijo, o gato mia
Tu olhas-me
Tu olhas-me
Solta-se o beijo, o gato mia
Solta-se o beijo, o gato mia
Solta-se o beijo, o gato mia
Espreito por uma porta encostada
Sigo as pegadas de luz
Peço ao gato “xiu” para não me denunciar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *